Meus Seguidores

sexta-feira, julho 08, 2011

Paixão Precoce



Querido diário, sinceramente, aconteceu uma tragédia. Tô apaixonada. E desde quando paixão vira uma tragédia? Desde o momento em que ela entra pela porta, pois a razão e sensatez saem pela janela.



Sinceramente, por tudo que eu já passei, eu sei que eu não mereço ficar feito uma desalentada, 24h pensando em alguém. Pois esse filme eu já vi antes e o final não foi nada feliz.


Todo mundo sabe aqui que eu quero arranjar um namorado, um alguém pra me abraçar quando eu estiver triste, pra ouvir com paciência as besteiras que eu tenho pra dizer, e pra me enlouquecer quando eu já estiver louca.


Enfim, eu não sou contra o amor, eu quero um amor, mas eu acho que tudo tem um tempo cronológico pra acontecer, e com certeza, hoje não é o tempo pra eu me apaixonar, ficar suspirando, pensando numa pessoa que não está assim por mim. Eu não quero mais nada que não seja recíproco.


E quem é esse abençoado que anda salientando as veias do meu coração? É Miguel, com certeza já falei sobre ele aqui -> http://diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/2011/06/apaixonada.html


http://diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/2011/05/miguel.html


Eu to apaixonada, penso nele o tempo inteiro, em tudo que eu vou fazer eu imagino como seria se ele estivesse ali, e o pior tudo muito relacionado a sexo.


E eu acho uma injustiça comigo mesma dar tanta importância a um cara que eu vi apenas 4 vezes. E nada mais que isso. É certo, que eu senti coisas quando estive com ele que há muito tempo eu não sinto com homem nenhum. É certo que ele também não é um mal partido, aparentemente, o cara é bonito, inteligente, gente boa. Eu vejo tudo isso nos olhos dele. Mas eu tenho medo de me enganar. E mais medo ainda de me entregar à paixão, deixar tudo de lado por causa dele, e depois perder ele e perder tudo que eu o entreguei.


Por um momento, ou vários momentos, eu vejo que ele é o cara que Deus enviou pra mim, o cara que eu mereço por ter sido sempre uma boa menina. Mas eu dependo da boa de vontade de Deus para vê-lo, porque eu não tenho nada dele, número de telefone, nem MSN, nem Orkut. Eu só tenho ele guardado no meu pensamento.


E eu não acho justo ficar de 4 por um alguém que não ta assim por mim. Eu sou muito intensa, e uma coisa que me estressa verdadeiramente, é quando eu sinto que não é recíproco. Eu não sei dizer se ele sentiu alguma atração por mim, um fato de um cara ter conversado muito com você mesmo sem te conhecer, ter perguntando se você tem namorado, e ter dito que ia te ligar para marcar alguma coisa, não quer dizer nada, possa ser que ele seja apenas muito gentil e gosta de fazer amizades. E não me importa se ele sentiu atração ou não, eu quero que ele sinta é o mesmo que eu to sentindo, esse fogo, esse calor, essa atração, essa vontade de tomar posse.


Mas ta tudo errado, não pode ser assim. Todo mundo aqui sabe da minha história com Herivelton, e sabem o quanto foi dolorosa pra mim. Eu me apaixonei demais, fiquei dependente dele, e sofri, até hoje sofro. E tudo porque eu me apaixonei precocemente.


Eu tenho esse defeito de nunca me apaixonar por um cara que eu convivo no dia a dia, por um cara que eu possa tocar, por um homem de carne e osso. Minhas paixões são sempre platônicas. Sinto que a cada tempo que passa elas ficam menos platônicas, mas ainda são platônicas. Desde criança eu me apaixonava pelos artistas de novela, e não era atraçãozinha não, era paixão mesmo. Perdia meu tempo pesquisando coisas sobre a vida deles, vivia sonhando e planejando conquistá-los, trazê-los para a minha realidade. Eu já fui apaixonada por Dalton Vigh, Caíque Brito, Alexandre Slaviero, Fábio Assunção. Depois no início da minha adolescência, eu me apaixonava por cantores de bandas de forró, fui louca apaixonada, por Raied Neto, também por Neto Araújo, eu vivia de show em show, em porta de camarim brigando com os seguranças pra entrar, levava presentes, ursinhos, coraçõezinhos, chocolatinhos. E não era amor de fã, era amor de mulher mesmo, eu queria eles para mim, e fazia qualquer coisa para que eles se apaixonassem por mim, e fiz mesmo muitas loucuras que não convém falar disso agora. Com 15 anos, eu me apaixonei por um homem que eu NUNCA vi em minha vida, um namorado virtual, esse é Herivelton. Sei que muita gente pulou da cadeira aí de susto, em ver que textos tão românticos, tão doces, tão lindos, eu escrevi por um cara que eu nunca vi. (http://diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/2011/06/eu-nao-te-amo-mais.html http://diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/2011/03/para-meu-ex-amor.html http://diariodagarotadevariasfaces.blogspot.com/2011/03/e-acabou.html e outros textos mais, só coloquei os mais recentes. Hoje, com 18 anos, eu me apaixonei por um cara que eu vi apenas 4 vezes, e como já falei tudo muito relacionado a sexo, aí muita gente vai dizer aí embaixo “é carência”, também, mas eu sinto que ninguém vai tirar essa carência de mim a não ser ele, porque eu quero ele, ele é o homem das minhas fantasias.


Mas isso está tudo errado, porque ta tudo muito precoce. A minha única função no momento é me aproximar de Miguel e encantá-lo. Só isso. Não é o momento agora de eu criar expectativas e sonhos. Deixa isso pra quando eu tiver 1 ano de namoro, aí quem sabe. Apaixonada do jeito que eu estou, se a gente tiver a oportunidade de ficar, com certeza, eu vou ficar de graça, e ele não vai dar o valor que eu mereço, vocês sabem o ser humano não dá valor a nada grátis, só gosta do que é conquistado. O problema é que eu já estou conquistada sem ele fazer nada, e isso não é normal.


Por favor, diário, me ajuda! Me ajuda, gente, o problema é muito sério. Mexe com a minha cabeça de um jeito, que não dá mais ânimo pra nada, nem estudar eu consigo pensando no calor que seria se ele estivesse ao meu lado chupando meu pescoço e apertando as minhas curvas.























15 comentários:

  1. Cuidado moça! analise um pouco mais. Ele pode ser um cyborgue, uma alien que muda de forma ou mesmo um holograma projetado com luz sólida. Precaução nunca é demais!

    ResponderExcluir
  2. OPs, não deixei o link:
    http://atmosphera2hq.blogspot.com/

    (e uma sugestão - e dessa vez não é zoeira: dá uma alterada na fonte que vc usa pro texto, algumas letras estão aglutinadas, fica difícil a leitura, especialmente num texto longo. Eu li tudo de verdade. Guardo minha opinião porque é uma questão pessoal, prefiro deixar uma brincadeira mesmo, ok?) Abração!

    ResponderExcluir
  3. Eu costumo dizer que paixões bem pra acabar com a nossa tranquilidade. Gostei do blog, parabéns pelas palavras. :)

    ResponderExcluir
  4. Olá achei super interessante, e é bem isso que vemos, apesar que eu preciso sempre dessas coisas, pode contar comigo. ;DD

    Seguindo aqui *-*

    ResponderExcluir
  5. Ah não vai dar então |:
    Sou comprometida.

    ResponderExcluir
  6. Olá!!!
    Estou te seguindo...
    pode me seguir tbm??
    http://comprarbeleza.blogspot.com/

    beijinhooos!! ♥♥

    ResponderExcluir
  7. Provavelmente é isso deve ser uma aventura enlouquecedora. rs
    Porém você tem que se controlar mais, não?
    Você é uma pessoa sonhadora, existem pessoas que sente o que você sente também isso é normal.
    Acredite você não é a única. Você tem uma intensa expressividade, bom demais!

    ResponderExcluir
  8. Oi garota de varias fases, ixi o negocio ta feio em,bom como eu ñ sou muito boa de dar conselhos,só digo uma coisa que é fato deixa as coisas acontecer naturalmente,deixa o tempo resolver as coisas por vc,eu tbm tenho 18 anos e sei como é se apaixonar por alguém assim tão precosimente,já mim apaixonei por um prof° na primeira aula dele,e foi problema pra aprender a materia,mas voltando ao assunto é isso deixa acontecer,se for pra ele ser seu o destino vai trazer ele pra bem pertinho de vc!
    beijos!!

    ResponderExcluir
  9. Ola,
    Se você não tem nada dele, procure lembrar todos os detalhes das vezes que vocês se encontraram e repita, ou seja, se foi em uma boate, vá nessa mesma boate até encontrá-lo, e assim por diante!
    Então quando encontrar, chame-o para uma conversa franca e deixe rolar, pois é melhor tentar e errar (quando o assunto é relacionamento) do que se arrepender por nunca ter tentado!

    Uma vez com ele terá uma noção melhor se vale realmente a pena investir no relacionamento ou não.

    Abraços Flavio.
    http://www.shitnessbook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Um pouco mais de análise é sempre importante.. quem sabe não surpreenda, neh?!

    ;P

    ResponderExcluir
  11. Se jogando bonito nos textos.

    Bacana!

    F.

    ResponderExcluir
  12. é a paixão vem quando menos se espera

    ResponderExcluir
  13. Muito obrigado por seu comentário no blog "Juventude Informada"!E parabens pelo belo blog!

    ResponderExcluir

Eu retribuo comentários BONS, se você comentar porcaria aqui, eu comento porcaria no seu blog também. Deixem o link para eu poder retribuir. Beijo a todos, e expressem sua opinião sem receios.